Confissões De Uma Mente Perigosa




Perfil
Nome: Alessandra
Idade: 35 anos
Signo: Escorpião


Contato
Email

Outros Sites
  Twitter
  Facebook
  Last.fm
  B.l.o.g.
  Blog do Merten
  Chip Hazard
  Churrasco na Laje
  Cineclick
  Cinema Cuspido e Escarrado
  Cinema de Boca em Boca
  Diário De Um Cinéfilo
  Fashina
  Filmes do Chico
  Fotograma Experimental
  Girls Just Wanna Have Fun!
  I Misbehave
  Ilustrada no Cinema
  Ilustrada no Pop
  Indienation
  Jornal das Pequenas Coisas
  Lado Z
  Lixomania
  Marcelo's Site
  Melhor Amiga
  Meu Nome Não é Superoito
  Mordendo Tampas de Canetas
  Na Estrada...
  Olhos Livres
  Palavras do Bruno
  Popload
  Por El Camino...
  Registro Dissonante
  Sério, Moda?
  Seven Keys of Rock
  Sopros e Farelos
  Toca do Cinéfilo
  Tony Monti Exato Acidente
  Uma Visão Feminina
  Vá e Veja
  Vinte Oito e Meio
  Young Hotel Foxtrot

Arquivo


Filmes vistos no cinema em 2011

30/12 - A Guerra Está Declarada
30/12 - Missão: Impossível - Protocolo Fantasma
28/12 - Compramos Um Zoológico
27/12 - O Palhaço
21/12 - O Garoto Da Bicicleta
17/12 - Adeus, Primeiro Amor
13/12 - Margin Call - O Dia Antes Do Fim
08/12 - Um Dia
06/12 - Inquietos
01/11 - Caverna Dos Sonhos Esquecidos*
01/11 - Tudo Pelo Poder*
30/10 - Frango Com Ameixas*
30/10 - Low Life*
30/10 - Vulcão*
29/10 - A Pele Que Habito
29/10 - Las Acacias*
29/10 - As Canções*
26/10 - Taxi Driver*
23/10 - O Futuro*
23/10 - Artigas*
23/10 - A Ilusão Cômica*
23/10 - Um Pouco Mais Perto*
22/10 - Isto Não é Um Filme*
22/10 - Era Uma Vez Na Anatólia*
22/10 - Apenas Uma Noite*
22/10 - The Day He Arrives*
22/10 - Angèle e Tony*
16/10 - Não Tenha Medo do Escuro
08/10 - O Casamento a Três
08/10 - Um Conto Chinês
25/09 - Missão Madrinha de Casamento
27/08 - Amor a Toda Prova
21/08 - A Árvore Da Vida
06/08 - Quero Matar Meu Chefe
06/08 - Capitão América: O Primeiro Vingador
31/07 - Lola
30/07 - Melancolia
26/07 - Vejo Você No Próximo Verão
23/07 - Disque M Para Matar
23/07 - Janela Indiscreta
26/06 - A Casa
24/06 - Carros 2
23/06 - X-Men: Primeira Classe
18/06 - Mamonas Pra Sempre
18/06 - Família Braz - Dois Tempos
17/06 - Meia-Noite Em Paris
04/06 - Se Beber, Não Case! Parte 2
04/06 - Kung Fu Panda 2
29/05 - Um Novo Despertar
28/05 - Hanezu
22/05 - O Homem Ao Lado
13/05 - Caminho da Liberdade
01/05 - Sobrenatural
27/04 - Bróder
27/04 - Amor?
21/04 - A Minha Versão do Amor
17/04 - Rio
17/04 - Homens e Deuses
16/04 - O Retrato de Dorian Gray
27/03 - Sem Limites
26/03 - VIPs
25/03 - Sexo Sem Compromisso
21/03 - Não Me Abandone Jamais
15/03 - Restrepo
13/03 - Rango
12/03 - Doce Vingança
08/03 - Lope
08/03 - O Samba Que Mora Em Mim
07/03 - Bruna Surfistinha
19/02 - Incêndios
19/02 - Trabalho Interno
19/02 - 127 Horas
13/02 - Violência e Paixão
12/02 - Inverno Da Alma
11/02 - Bravura Indômita
11/02 - Burlesque
06/02 - Malu de Bicicleta
05/02 - Cisne Negro
05/02 - O Vencedor
04/02 - O Discurso do Rei
30/01 - Inverno Da Alma
30/01 - Amor e Outras Drogas
27/01 - Lixo Extraordinário
27/01 - O Turista
26/01 - Os Anjos Escondidos de Luchino Visconti
21/01 - Biutiful
18/01 - Little Senegal
17/01 - O Mágico
08/01 - Além Da Vida
06/01 - O Primeiro Que Disse
04/01 - O Bom Coração
03/01 - Tron: O Legado
03/01 - O Concerto
01/01 - Incontrolável

Total: 94

* 18 filmes vistos durante a 35ª Mostra Internacional de Cinema Em São Paulo



Escrito por Alê às 05h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Shows conferidos em 2011

03/12 - New Order, Sambódromo (UMF Brasil)
05/11 - The Strokes, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Beady Eye, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Interpol, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Broken Social Scene, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Toro y Moi, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - White Lies, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Garotas Suecas, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Nação Zumbi, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - The Name, Playcenter (Planeta Terra Festival)
05/11 - Criolo, Playcenter (Planeta Terra Festival)
04/11 - Pearl Jam, Estádio do Morumbi
14/10 - Sea And Cake, Sesc Pompéia
13/10 - Guillemots, Sesc Pompéia
13/10 - Health, Sesc Pompéia
01/10 - System Of A Down, Chácara do Jockey
24/09 - Primal Scream, HSBC Brasil (Popload Gig 7)
28/07 - Helmet, Studio SP
01/07 - Bidê Ou Balde, Estúdio Emme (Jukebox Festival)
01/07 - Holger, Estúdio Emme (Jukebox Festival)
01/07 - Garotas Suecas, Estúdio Emme (Jukebox Festival)
01/07 - Apanhador Só, Estúdio Emme (Jukebox Festival)
21/06 - Yuck, União Fraterna
21/06 - Transmission, União Fraterna
09/06 - Slayer, Via Funchal
03/06 - Radiolarians, Studio SP
23/04 - Miranda Kassin, Studio SP
19/04 - Roxette, Credicard Hall
19/04 - Ludov, Credicard Hall
10/04 - U2, Estádio do Morumbi (360º Tour)
10/04 - Muse, Estádio do Morumbi
05/04 - The National, Citibank Hall
02/04 - Ozzy Osbourne, Arena Anhembi
31/03 - The Drums, Estúdio Emme
12/02 - Nevilton, Casa Do Mancha
01/02 - Vampire Weekend, Via Funchal
21/01 - Seu Chico, Studio SP
15/01 - Amy Winehouse, Arena Anhembi (Summer Soul Festival)
15/01 - Janelle Monáe, Arena Anhembi (Summer Soul Festival)
15/01 - Mayer Hawthorne, Arena Anhembi (Summer Soul Festival)
15/01 - Instituto, Arena Anhembi (Summer Soul Festival)
15/01 - Miranda Kassin e André Frateschi, Arena Anhembi (Summer Soul Festival)

Total: 42



Escrito por Alê às 05h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O número 1

Às vésperas do Natal de 2008 meu último namoro, que durou pouco mais de um ano, chegou ao fim. Dias depois furtaram meu lindo Nokia N95 num coletivo. Foram tempos difíceis. A bruxa estava solta.

Pra me consolar, comprei um celular novo, desses modernos, cheios de funções que nunca aprendi a usar. Passei uma semana inteira recadastrando meus contatos, um a um.

Até que chegou o momento de cadastrar a discagem rápida e eu tive uma crise. Eu não tinha um número 1. Não tinha um amor pra ser o meu número 1.

Primeiro, como boa mulher almodovariana descontrolada que sou, chorei, quis cortar os pulsos, me senti a mas infeliz das mulheres. Depois, decidi: se eu não tenho um número 1, ninguém será meu número 1.

Foi assim que cadastrei o telefone dos meus pais no número 2, o da minha irmã no número 3, o da Gé no número 4... E o número 1 ficou vazio, à espera de um amor.

O ano de 2009 viu o Carnaval, a Páscoa, o Dia do Trabalho, Finados, o Natal. Mas não conheceu amor algum que pudesse preencher o vazio do número 1.

O ano seguinte, 2010, começou com champanhe e terminou com champanhe. Entre um brinde e outro, ninguém chegou ao posto de primeiro colocado no meu moderno celular, já não mais tão moderno assim.

Eis que chegamos a 2011. Um ano bonito. Um ano ímpar. E a magia se fez.

Agora o número 1, quando acionado, faz uma chamada de longa distância. Faz tocar um telefone que fica num outro estado e pertence ao homem que me fez descobrir que eu ainda sou capaz de sentir o ar me faltar.

O número 1 foi preenchido. O meu coração também.



Escrito por Alê às 00h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Melhores filmes de 2010

Se fazer a lista de melhores shows do ano foi fácil, fazer a de melhores filmes foi um parto. E a fórceps!

Em 2010 foram 156 filmes vistos no cinema, entre mostras e circuito comercial. E teve muita coisa boa. Tanto que eu quase parti para uma lista de 30 filmes, mas resolvi manter os mesmos 20 dos últimos anos.

Mantive também o mesmo critério. Entram na lista os filmes que vi no cinema em 2010, tenham eles entrado em cartaz ou não.

Menções honrosas a "O Escritor Fantasma", "Vício Frenético", "Invictus", "José e Pilar" e "As Melhores Coisas Do Mundo", que acabaram ficando de fora.

Vamos à lista:

1   - Toy Story 3, de Lee Unkrich
2   - Tropa de Elite 2, de José Padilha
3   - Cópia Fiel, de Abbas Kiarostami
4   - Em Um Mundo Melhor, de Susanne Bier
5   - Mistérios De Lisboa, de Raoul Ruiz
6   - O Segredo Dos Seus Olhos, de Juan José Campanella
7   - Mary e Max - Uma Amizade Diferente, de Adam Elliot
8   - Tudo Pode Dar Certo, de Woody Allen
9   - Um Homem Sério, de Joel Coen e Ethan Coen
10 - Ponyo - Uma Amizade Que Veio Do Mar, de Hayao Miyazaki
11 - A Rede Social, de David Fincher
12 - O Profeta, de Jacques Audiard
13 - A Estrada, de John Hillcoat
14 - Os Famosos E Os Duendes Da Morte, de Esmir Filho
15 - A Ilha Do Medo, de Martin Scorsese
16 - O Que Resta Do Tempo, de Elia Suleiman
17 - Amor Sem Escalas, de Jason Reitman
18 - Vênus Negra, Abdellatif Kechiche
19 - Um Lugar Qualquer, de Sofia Coppola
20 - Tetro, de Francis Ford Coppola



Escrito por Alê às 09h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Melhores shows de 2010

Até que não foi tão difícil fazer a lista de melhores shows do ano. Comparando com o ano passado, fui a bem menos shows nesse 2010. Em 2009 foram 52 shows. Nesse ano, 34.

Ainda assim, sempre é triste deixar alguns shows incríveis de fora da lista. Então fica aqui minha menção honrosa aos grandes shows do Pavement e do Phoenix no Festival Planeta Terra, ao show do Franz Ferdinand no Via Funchal e aos shows do Guns N' Roses e do Sebastian Bach no Parque Antártica.

Encabeçando a lista, o óbvio: o show do cara que fez mais de 60 mil pessoas chorarem no Morumbi.

Queens Of The Stone Age fez um show quase tão memorável quanto um outro deles que vi em Londres, em 2005.

Rammstein, uma banda que mal conheço, ficou super bem posicionada porque fez o Via Funchal, literalmente, pegar fogo.

Kelly Jones botou todo o público estranhamente engomadinho do Citibank Hall pra cantar e fez valer a espera pela vinda da banda ao Brasil.

Bon Jovi só não ficou melhor na lista porque o som estava uma porcaria no local da pista em que fiquei. Uma pena!

Meu primeiro show do Metallica não podia ficar de fora da lista. Os caras sabem o que fazer em cima de um palco.

Pixies é uma banda que já não me empolga mais tanto quanto nos anos 90, mas botaram pra foder no SWU, então merecem meu respeito.

Os shows do Mika e do Of Montreal alegraram o dia do meu aniversário e não me deixaram ficar parada, por isso também tinham que estar na lista.

"I Don't Fell Like Dancing" é a música velha que eu não canso de ouvir nas pistas de dança. Portanto me joguei no show do Scissor Sisters e fiquei lá no gargarejo, saindo feliz e exausta ao final da apresentação.

Bom, a lista ficou assim:

1   - Paul McCartney, Estádio do Morumbi, 21/11
2   - Queens Of The Stone Age, Festival SWU, 11/10
3   - Rammstein, Via Funchal, 01/12
4   - Stereophonics, Citibank Hall, 18/11
5   - Bon Jovi, Estádio do Morumbi, 06/10
6   - Metallica, Estádio do Morumbi, 30/01
7   - Pixies, Festival SWU, 11/10
8   - Of Montreal, Playcenter (Festival Planeta Terra), 20/11
9   - Mika, Playcenter (Festival Planeta Terra), 20/11
10 - Scissor Sisters, Via Funchal, 22/11



Escrito por Alê às 11h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Filmes vistos no cinema em 2010

23/12 - O Ciúme Mora Ao Lado
23/12 - A Falta Que Me Faz
23/12 - Film Socialisme
12/12 - Tetro
12/12 - Enterrado Vivo
12/12 - Meu Mundo Em Perigo
09/12 - Megamente
03/12 - O Garoto De Liverpool
03/12 - Abutres
02/12 - Minha Terra, África
02/12 - José e Pilar
02/12 - A Vida Durante a Guerra
01/12 - Um Quarto Em Roma
30/11 - Três Homens e Uma Noite Fria
30/11 - Contos Da Era Dourada
26/11 - Você Vai Conhecer o Homem Dos Seus Sonhos
23/11 - Um Homem Misterioso
23/11 - A Suprema Felicidade
22/11 - Um Homem Que Grita
06/11 - Balibo*
06/11 - Quando Partimos*
06/11 - Mistérios De Lisboa*
05/11 - Submarino*
05/11 - Pense Global, Aja Rural*
05/11 - Jardim Sonoro*
04/11 - A Rede Social*
03/11 - Como Eu Terminei Este Verão*
02/11 - Armadillo*
02/11 - Memórias De Xangai - I Wish I Knew*
02/11 - Hugh Hefner: Playboy, Ativista e Rebelde*
01/11 - Você Vai Conhecer o Homem Dos Seus Sonhos*
01/11 - Uma Carta Para Elia*
01/11 - Caterpillar*
01/11 - Aprendiz De Alfaiate*
31/10 - Vênus Negra*
31/10 - Minha Felicidade*
31/10 - Eu Sou*
30/10 - Copacabana*
30/10 - Politécnica*
30/10 - Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas*
30/10 - Uma Família*
28/10 - Um Dia Na Vida*
28/10 - Almas Silenciosas*
27/10 - Se Eu Quiser Assobiar, Eu Assobio*
27/10 - Em Um Mundo Melhor*
27/10 - Nossa Vida*
26/10 - Mamma Gogo*
26/10 - Abel*
25/10 - A Árvore*
24/10 - Turnê*
24/10 - As Quatro Voltas*
24/10 - A Primeira Coisa Linda*
24/10 - Atração Perigosa*
23/10 - Machete*
23/10 - Um Lugar Qualquer*
23/10 - Tudo Vai Dar Certo*
23/10 - Air Doll*
23/10 - O Estranho Caso De Angélica*
22/10 - Cópia Fiel*
22/10 - Minhas Mães e Meu Pai*
22/10 - Poesia*
13/10 - Eu Matei Minha Mãe
10/10 - Tropa de Elite 2
10/10 - The Runaways - Garotas do Rock
09/10 - Dois Irmãos
09/10 - Comer Rezar Amar
27/09 - Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
13/09 - O Refúgio
05/09 - Coco Chanel & Igor Stravinsky
05/09 - Karate Kid
05/09 - 5 x Favela - Agora Por Nós Mesmos
22/08 - À Prova De Morte
22/08 - Cabeça A Prêmio
19/08 - Salt
18/08 - Reflexões De Um Liquidificador
14/08 - A Origem
03/08 - Uma Noite Em 67
02/08 - Ponyo - Uma Amizade Que Veio Do Mar
28/07 - O Grão
27/07 - Brilho De Uma Paixão
24/07 - O Bem Amado
22/07 - Shrek Para Sempre
21/07 - O Sétimo Selo
20/07 - Patrik 1.5
19/07 - Flor Do Deserto
17/07 - Dzi Croquettes
15/07 - Quinze Anos e Meio
14/07 - Almas À Venda
12/07 - Vittorio de Sica - Minha Vida, Meus Amores
05/07 - O Pequeno Nicolau
02/07 - Survival Of The Dead
30/06 - Toy Story 3
23/06 - A Jovem Rainha Vitória
22/06 - Kick Ass - Quebrando Tudo
10/06 - O Profeta
09/06 - Faça-Me Feliz
08/06 - Oceanos
07/06 - Um Novo Caminho
07/06 - Hadewijch
01/06 - Godard, Truffaut e a Nouvelle Vague
31/05 - Mary e Max - Uma Amizade Diferente
29/05 - Sex And The City 2
28/05 - O Escritor Fantasma
26/05 - Quincas Berro D'Água
18/05 - O Preço Da Traição
17/05 - Mademoiselle Chambon
16/05 - Robin Hood
15/05 - Os Homens Que Não Amavam As Mulheres
15/05 - Alice No País Das Maravilhas
15/05 - O Mundo Imaginário Do Dr. Parnassus
15/05 - Os Famosos E Os Duendes Da Morte
10/05 - Homem De Ferro 2
10/05 - Chico Xavier
06/05 - As Melhores Coisas Do Mundo
05/05 - A Estrada
30/04 - Tudo Pode Dar Certo
26/03 - Os Homens Que Encaravam Cabras
25/03 - Soul Kitchen
24/03 - Heavy Metal In Baghdad
20/03 - R.E.M.: This Is Not a Show
20/03 - NY'77: The Coolest Year In Hell
19/03 - Anvil: The Story Of Anvil
19/03 - Johnny Cash's America
18/03 - Histórias De Amor Duram Apenas 90 Minutos
14/03 - A Ilha Do Medo
06/03 - Direito De Amar
06/03 - Coração Louco
05/03 - Idas e Vindas Do Amor
05/03 - Entre Irmãos
27/02 - Avatar
27/02 - Simplesmente Complicado
26/02 - Os Inquilinos
26/02 - O Segredo Dos Seus Olhos
20/02 - Um Homem Sério
20/02 - O Mensageiro
15/02 - O Lobisomem
15/02 - Preciosa - Uma História De Esperança
11/02 - Invictus
11/02 - Contatos De 4º Grau
11/02 - Zumbilândia
10/02 - O Que Resta Do Tempo
10/02 - O Homem Que Engarrafava Nuvens
10/02 - A Vida Íntima De Pippa Lee
29/01 - Nine
23/01 - Sherlock Holmes
23/01 - Chéri
23/01 - Amor Sem Escalas
18/01 - Vício Frenético
16/01 - Bons Costumes
16/01 - Onde Vivem Os Monstros
08/01 - Caro Francis
07/01 - Procurando Elly
06/01 - Vinte Anos
06/01 - A Volta Do Regresso (curta)
06/01 - Lula, O Filho Do Brasil
05/01 - Sempre Ao Seu Lado

Total: 156

* 42 filmes vistos durante a 34ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo



Escrito por Alê às 23h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Shows conferidos em 2010

21/12 - Heroes, Studio SP
11/12 - Seu Chico, Studio SP
01/12 - Rammstein, Via Funchal
22/11 - Scissor Sisters, Via Funchal
21/11 - Paul McCartney, Estádio do Morumbi
20/11 - Smashing Pumpkins, Playcenter (Festival Planeta Terra)
20/11 - Pavement, Playcenter (Festival Planeta Terra)
20/11 - Phoenix, Playcenter (Festival Planeta Terra)
20/11 - Mika, Playcenter (Festival Planeta Terra)
20/11 - Of Montreal, Playcenter (Festival Planeta Terra)
20/11 - Holger, Playcenter (Festival Planeta Terra)
18/11 - Stereophonics, Citibank Hall
14/11 - Norah Jones, Parque da Independência
12/11 - Miranda Kassin, Comitê Club
10/11 - Belle And Sebastian, Via Funchal
11/10 - Pixies, Festival SWU
11/10 - Queens Of The Stone Age, Festival SWU
11/10 - Josh Rouse, Festival SWU
11/10 - Cavalera Conspiracy, Festival SWU
06/10 - Bon Jovi, Estádio do Morumbi
29/09 - Dinosaur Jr., Comitê Club
18/09 - Luiz Caldas, Concha Acústica (Salvador)
17/09 - Retrofoguetes, B-23 (Salvador)
10/09 - Autoramas, CB Bar
10/09 - Right Ons, CB Bar
27/08 - Landau, Café Aurora
27/08 - Lacme, Café Aurora
17/04 - Social Distortion, Via Funchal
16/04 - Jonathan Richman, Sesc Pompéia
16/04 - Major Luciana, Sesc Pompéia
23/03 - Franz Ferdinand, Via Funchal
13/03 - Guns N' Roses, Parque Antártica
13/03 - Sebastian Bach, Parque Antártica
30/01 - Metallica, Estádio do Morumbi

Total: 34



Escrito por Alê às 23h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O melhor e o pior da Mostra

A Mostra acabou. E esse assunto já é tão semana passada que não faz mais o menor sentido eu querer escrever sobre todos os filmes que vi, certo? Quem se importa?

Então fiquemos assim: os filmes assistidos estão listados ali do lado direito do blog, identificados com um asterisco no final. E no meu twitter eu teci comentários rápidos e rasteiros sobre todos os 42 filmes vistos.

Para encerrarmos esse assunto e podermos falar de Natal, festa da firma e depressão de final de ano, vamos ao menos a um top 10. Afinal pra que serve ver tanto filme senão pra fazer uma lista, não é mesmo?

1   - Cópia Fiel
2   - Em Um Mundo Melhor
3   - Mistérios De Lisboa
4   - Vênus Negra
5   - Um Lugar Qualquer
6   - Você Vai Conhecer o Homem Dos Seus Sonhos
7   - Turnê
8   - Abel
9   - Como Eu Terminei Este Verão
10 - Armadillo

Menções honrosas para "A Rede Social" (de David Fincher) e "Machete" (de Robert Rodriguez e Ethan Maniquis).

E, por último, minha premiação particular em categorias mais particulares ainda.

A bomba: "O Estranho Caso de Angélica", de Manoel de Oliveira.
O superestimado: "Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas", de Apichatpong Weerasethakul.
O divertidão: "Machete", de Robert Rodriguez e Ethan Maniquis.
O feel-bad movie: "Vênus Negra", de Abdellatif Kechiche.
O sonífero: "Almas Silenciosas", Aleksei Fedorchenko.
O inclassificável: "Caterpillar", de Koji Wakamatsu.



Escrito por Alê às 02h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mostra - Dia 2

Hoje é o décimo primeiro dia de Mostra e cá estou eu escrevendo sobre o segundo dia.

Trabalhar e ver tantos filmes quanto possível não é fácil, meus amigos. Se não dá tempo nem de comer, imagina de escrever!

De qualquer forma, não desisti de tentar escrever umas poucas linhas sobre todos os filmes vistos até agora. Mas talvez eu termine só na Mostra do ano que vem, já aviso.

Se no primeiro dia eu não encontrei ninguém, no segundo encontrei todo mundo. Tive companhia em todos os filmes. Foi um típico e delicioso dia de Mostra.

"O Estranho Caso De Angélica", de Manoel de Oliveira (Portugal, Espanha, França, Brasil)

Fosse o filme de um diretor português estreante, seria a bomba da Mostra. Pessoas deixariam a sessão antes de seu término, não sem antes exclamarem um "ai, não dá!" ou soltarem um risinho de escárnio.

Com todo respeito ao centenário diretor, o filme é chato e não me disse absolutamente nada. Mas os fãs de Manoel de Oliveira estão incensando tanto esse seu novo filme que eu recomendo que você o veja e depois me explique onde está a beleza dele, porque eu devo ser mesmo uma ignorante insensível.

"Air Doll", de Kore-Eda Hirokazu (Japão)

Na metade do filme eu já estava chorando com o retrato da solidão pintado tão triste e lindamente por Kore-Eda. A boneca inflável que ganha vida e é capaz de se encantar com coisas que nós humanos, tão desumanizados, nem enxergamos mais, é realmente de emocionar.

Porém, lá pros vinte minutos finais de seu filme, o diretor pesa a mão e cria um desfecho que não me agradou. Ainda assim, é um belo filme que merece ser visto.

"Tudo Vai Dar Certo", de Christofer Boe (Dinamarca)

Tudo dá errado nesse filme quando o diretor resolve dar uma reviravolta num roteiro que até vinha bem. Não sei você, mas eu já estou de saco cheio de histórias que não são o que parecem ser desde, sei lá, "O Sexto Sentido". Deu, né?

"Um Lugar Qualquer", de Sofia Coppola (EUA)

Sofia Coppola sabe filmar o tédio e a solidão. Impressionante o quanto ela parece entender desses assuntos. E é esse domínio dos temas que faz com que simpatizemos com seus personagens e realmente nos interessemos por seus destinos.

Nesse seu novo filme a boa vida do protagonista esconde um homem desencantado que há muito não vê sentido em sua trajetória. Mais do mesmo? Pode ser. Mas quem se importa com isso quando a repetição vai levando à perfeição?

"Machete", de Robert Rodriguez e Ethan Maniquis (EUA)


De diversão Robert Rodriguez entende, e muito. Daí que em seus filmes ele não nos poupa de boas doses de tudo que esperamos dele.

Em "Machete" não é diferente. Estão lá as mulheres gostosas com pouca roupa, os homens valentões, a violência, as tripas, as frases de efeito e o senso de humor. Mas há mais! Quem poderia esperar um protagonista como Danny Trejo? Desde já o herói do ano num dos filmes mais divertidos do ano.



Escrito por Alê às 13h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mostra - Dia 1

Para o público em geral, a 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começou ontem.

No dia anterior, quinta, houve a cerimônia de abertura com apresentação de "O Estranho Caso de Angélica", novo filme do português Manoel de Oliveira, seguida de festa para convidados. Eu estava na festa. Porque nessa vida não é necessário ser VIP, basta ter amigos que o sejam.

A festa atrapalhou um pouco meu primeiro dia de Mostra porque, tendo ido dormir depois das 4h da madrugada, passei o dia sonolenta e, raiva das raivas, dei uma cochilada logo no primeiro filme do dia.

Meu primeiro dia de Mostra só não foi melhor porque não tive companhia pra nenhum dos filmes, já que os amigos acabaram se espalhando por outras sessões. Mas, com relação aos filmes, não posso reclamar. Foram ótimas escolhas.

"Poesia", de Lee Chang-dong (Coréia do Sul)

A protagonista é uma senhora de sessenta e poucos anos que, sempre muito bem vestida, divide-se entre o trabalho como babá de um senhor doente, os cuidados com o neto e as aulas de poesia. Sua maior vontade é a de escrever um poema. E ela se empenha, sempre contemplando tudo ao seu redor e fazendo anotações em um caderninho.

Um tratado sobre a solidão que tem seu momento mais doloroso em uma das cenas da protagonista com o senhor de quem ela cuida.

 "Minhas Mães e Meu Pai", de Lisa Cholodenko (EUA)

Podia ser um filme todo estereotipado e cheio de clichês sobre casais homossexuais mas, graças a um bom roteiro e às atuações excelentes de Julianne Moore e Annette Bening, ele passa longe disso.

Alternando momentos engraçados com outros dramáticos, o longa conta a história de um casal de lésbicas que tem dois filhos graças a um doador de espermas. A rotina tranquila do quarteto é abalada quando o pai biológico (o gatíssimo Mark Ruffalo) dos adolescentes entra em cena.

Só não é melhor porque o desfecho me pareceu meio frouxo e preguiçoso.

"Cópia Fiel", de Abbas Kiarostami (França, Itália)

O grande filme do dia! Para muitos, pode ter soado verborrágico e enfadonho. Para mim, como autêntica mulherzinha que sou, como não amar o que talvez seja a maior DR da história do cinema?
Levando o embate cópia versus original da produção artística para os relacionamentos, Kiarostami faz um filme delicioso, com uma Juliette Binoche enquadrada em inúmeros closes que tornam ela e o filme ainda mais maravilhosos.



Escrito por Alê às 10h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A Mostra e eu

"O Estranho Caso de Angélica", novo filme do centenário Manoel de Oliveira, abre hoje, em sessão somente para convidados, a 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Queria ter uma memória boa o suficiente para me lembrar qual foi a primeira Mostra de que participei. Mas, salvo engano, já faz bem uns 10 anos que sou frequentadora assídua.

Pensando sobre isso ontem me dei conta de que, em épocas de Mostra, ocorreram fatos que marcaram minha vida.

Foi durante a Mostra de 2005, por exemplo, que meu casamento acabou. Eu estava com ingresso comprado para uma das sessões de "Crianças Invisíveis", mas decidi ir pra casa pra discutir a relação. Relação que terminou ali, naquele dia, no sofá da sala, com dois adultos chorando feito crianças. Fiz as malas e fui pra nunca mais voltar.

Em 2007, durante a 31ª Mostra, tive que voltar pra casa dos meus pais pela segunda vez desde que saíra de lá. O apartamento da minha irmã no qual eu estava morando tinha sido vendido, e eu precisava desocupá-lo. Lembro-me da sensação de fracasso como se fosse hoje.

Porém minha sorte mudou no último dia dessa mesma Mostra de 2007. Eu estava a caminho da sessão de "Onde Os Fracos Não Têm Vez", a de encerramento da edição, quando, debaixo de chuva, me apaixonei. Foi uma cena de filme, algo que até hoje não sei explicar. A paixão foi recíproca e engatei o primeiro namoro duradouro desde o término de meu casamento.

Fico pensando no que pode acontecer nessa 34ª edição da Mostra que se inicia hoje. Será que, mais uma vez, a história da Mostra se confundirá com a minha?

Só sei que nunca uma edição chegou em tão boa hora. Num momento em que preciso esquecer um pouco de mim pra superar as dores dos últimos reveses sofridos, nada como me enfiar por dias e mais dias em salas escuras, vivendo histórias que não são as minhas.

Histórias poéticas, tristes, ruins, engraçadas, surreais, sacanas, assustadoras, belas. Histórias. Histórias que, cada uma à sua maneira, desviarão meu foco de minhas próprias dores e me transportarão a outros países, outras situações, outras realidades, ficcionais ou não.

E, quando a maratona terminar, todas essas histórias terão de alguma forma me transformado. Se muito ou se pouco eu ainda não sei. Mas certamente elas terão me ajudado a superar algumas de minhas próprias dificuldades.

É a magia do cinema, essa arte tão minha amiga, tão minha companheira.



Escrito por Alê às 20h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Amores de verdade e frutas de mentira

Nesse final de semana revi "Distante Nós Vamos", filme de Sam Mendes que me fez chorar copiosamente ano passado, durante sua exibição em uma das sessões da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Desde "Foi Apenas Um Sonho", anterior a "Distante Nós Vamos", Sam Mendes tem me pegado de jeito.

Com humor e lirismo, "Distante Nós Vamos" conta a história de um casal, ambos na faixa dos trinta e poucos anos, que sai em busca de um lugar no mundo a partir do momento em que se vêem sozinhos e totalmente livres de quaisquer amarras. Os pais de Verona (Maya Rudolph) morreram. Os pais de Burt (John Krasinski) estão de mudança para a Bélgica. Verona engravida e, como ambos têm empregos flexíveis e aparentemente não há amigos por perto, eles partem à procura de uma nova cidade para criar o filho.

Nessa revisão do filme, uma cena em particular mexeu muito comigo. Verona, que raramente fala dos pais mortos, começa a contar a Burt sobre um episódio de sua infância.

Seu pai plantara uma laranjeira no quintal da casa onde ela e sua irmã cresceram. Dia após dia o pai ia observar a árvore, pra checar se já havia frutos. Anos e anos se passaram e nada. Nenhuma laranja.

Certa madrugada, a mãe de Verona a acordou, bem como à sua irmã. Foram as três ao quintal e, em silêncio, foram pendurando frutas de plástico na laranjeira. Laranjas, bananas, abacaxis, pêssegos. Tudo foi sendo preso à arvore por meio de fita adesiva. Serviço terminado, esconderam-se à espera da visita costumeira do pai ao quintal.

Quando ele finalmente apareceu, primeiro houve o espanto, seguido rapidamente por um riso descontrolado. Mãe e filhas saíram dos esconderijos e, todos juntos, riram da situação.

Esse relato me comoveu porque é a perfeita descrição do que eu espero de uma família. Porque essa história aparentemente banal transborda amor. Há amor na tentativa de arrancar um sorriso do marido decepcionado com uma árvore infrutífera. Há amor na capacidade de rir das próprias desgraças. Há amor na união de todos para transformar uma situação adversa em uma brincadeira. Há amor na tentativa de trazer leveza a uma situação de pesar. Há amor no bom humor que não deixa o dia-a-dia ser apenas rotina. Há amor na necessidade de ver o marido feliz e participar dessa felicidade.

É esse o tipo de família que um dia eu quero formar.

Porque, na maioria das famílias que eu conheço, a questão da laranjeira seria tratada de maneira radicalmente diferente. A mãe, ao ver o marido dirigir-se tristemente ao quintal pela milésima vez em busca de uma laranja, diria às suas filhas: "lá vai o idiota do seu pai mais uma vez olhar aquela árvore estúpida".

Infelizmente, minha percepção diz que a maioria das pessoas só fica junto por medo da solidão. A dor do outro, pequena ou grande, pouco importa. Tem coisa mais triste do que isso?

É por não aceitar tamanha tristeza que sigo à espera de alguém que seja capaz de, pra me ver sorrir, fazer coisas tão patéticas quanto pendurar um abacaxi de plástico numa árvore de verdade.



Escrito por Alê às 00h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Romance mudo

Nasceu com um sorriso.

Morreu sufocado pelo silêncio.



Escrito por Alê às 12h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Nota de falecimento

Morreu hoje, às 08h37, o amor.

Foi enterrado sem velório e sem cerimônias no coração de Alessandra, sob uma lápide em que consta a seguinte inscrição: “aqui jaz um amor nunca correspondido”.

Não deixou marido nem filhos, só um rastro de desilusão e abandono.

Que encontre, finalmente, a paz tão almejada.



Escrito por Alê às 10h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Meu coração tem mania de amor

Esse ano faço 34 anos. Pausa para as exclamações de "nossa, não parece!", "não te dou nem 27!", "você tá ótima!". Obrigada, eu sei. Cansei de ser modesta.

Porém, se fosse possível enxergar meu coração, vocês veriam que ele bem poderia ser o de alguém com mais de 80 anos, tamanha a quantidade de marcas, buracos e cicatrizes. Pausa para as exclamações de "pobrezinha!" e "coitada!". Mas não tenham pena, afinal só apanha quem não tem medo de viver.

Já passei por muita coisa nessa vida. Já namorei, já juntei, já separei, já tive casos. Já chorei e já sorri. Mas, se o importante é que emoções eu vivi, quem tem que aguentar o tranco dessas emoções é o meu pobre coração.

Ele apanha, se parte em mil pedaços, sangra, mas está sempre ali, batendo. E não se cansa de começar tudo de novo. Tudo outra vez.

Gosto que seja assim. Cada vez mais vejo gente que, calejada das açoitadas do amor (do desamor?), esbraveja que não quer mais amar, não quer mais se apaixonar, não quer mais gostar de ninguém.

Ah, mas meu coração não! Ele não aprende. Ou não desiste?

E o fato é que ele vive acreditando nas coisas do amor. Uma vez, um cara por quem fui apaixonada me escreveu um texto lindo. Passei dias decorando cada linha. Meu coração palpitava, enquanto eu me sentia especial por ter inspirado tão linda poesia. Meses depois, após tomar um chifre antológico, descobri que o safado tinha tirado o texto do filme "Antes do Amanhecer".

Hoje, quando um homem me diz coisas lindas, eu logo fico desconfiada, dou um Google pra ver se a mensagem é original, se não estou fazendo papel de trouxa. Mas meu coração é burro, não tem memória, e continua palpitando cada vez que lê e vê coisas bonitas. E aí me entrego também, totalmente levada pela ingenuidade desse coração tão corajoso. Porque é preciso coragem pra levantar depois de tantas mentiras, tantas ilusões, tantas pancadas que a gente vai acumulando pelo simples fato de estar vivo.

Às vezes me revolto. Penso em desistir do amor como tanta gente faz. Mas aí meu coração insiste em me lembrar que, sem amor, minha vida é sem graça, sem cor e sem sabor. E eu acabo sempre concordando com ele.

Porque, na verdade, talvez ele não seja ingênuo e nem burro coisa nenhuma. Ele é, isso sim, mais esperto do que eu imagino. Porque sabe que, se desistir, quando alguém me disser "eu te amo", e for pra valer, eu posso perder a chance de viver um amor de verdade, pra toda vida, bem piegas, do jeito que sempre sonhei.



Escrito por Alê às 14h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]

Cinema 2012
 26/08 - Rock Of Ages
 25/08 - À Beira do Caminho
 25/08 - O Ditador
 28/07 - Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge
 29/04 - Os Vingadores
 22/04 - Cantando na Chuva
 22/04 - Viagem à Lua
 10/03 - O Pacto
 26/02 - Caminho Para o Nada
 22/02 - A Invenção de Hugo Cabret
 18/02 - A Música Segundo Tom Jobim
 29/01 - L'Apollonide: Os Amores da Casa de Tolerância
 28/01 - Millenium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
 28/01 - Os Descendentes
 21/01 - Alvin e os Esquilos 3
 08/01 - Triângulo Amoroso
 07/01 - Cavalo de Guerra

Shows 2012
 30/11 - Dirty Projectors, Cine Joia
 06/07 - The Radio Dept., Beco
 24/05 - Wild Beasts, Beco
 05/05 - Man or Astro-Man?, Virada Cultural
 05/05 - Arnaldo Baptista, Teatro Municipal (Virada Cultural)
 07/04 - Foo Fighters, Jockey Club (Lollapalooza)
 07/04 - TV On The Radio, Jockey Club (Lollapalooza)
 07/04 - Band Of Horses, Jockey Club (Lollapalooza)
 07/04 - Cage The Elephant, Jockey Club (Lollapalooza)
 11/03 - Morrissey, Espaço das Américas
 11/03 - Kristeen Young, Espaço das Américas

Livros 2012
 Amor Sem Fim, Ian McEwan
 Dublinenses, James Joyce
 Diário da Queda, Michel Laub

Bandas mais ouvidas da semana

   



eXTReMe Tracker